sábado, 23 de novembro de 2013

Dia 1 pós furo.de.orelhas

Acordei melancólica num dia sombrio e gélido....
Naaa, 'tou no gozo...
Não tenho jeito nenhum para poemas...
Cá ando, numa de tentar rodar os brincos sozinha sem ter que andar a chatear toda a gente. A verdade é que quando mexo nos brincos, tremem-me os joelhos, não é por medo, é por me fazer impressão de estar a mexer num furo nada habitual no meu corpo. É como se tivesse uma ferida e tivesse que a desinfectar, ou quando raspamos a faca no prato e faz impressão nos dentes, ou como o giz no quadro preto...
Cada maluco a sua pancada, certo?

2 comentários:

  1. Eu adoro rodar os brincos nos furos feitos de fresco! :-)

    ResponderEliminar
  2. GATA, quem me dera que tivesses estado comigo nos 2 primeiros dias... Blhecaaaaa

    ResponderEliminar

Façam o favor de opinar....