segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Vizinho

Moro num prédio modesto de 4 andares. Os vizinhos são na generalidade educados e não se metem na minha vida (só falo o básico, praticamente).
O do primeiro andar é uma figurinha que só visto. Rapaz para os seus trintas, vive sozinho, (numa conversa de vão de escada já soube que o irmão vivia com ele mas mudou-se para viver com a namorada). O que acontece é que tem sido recorrente chegar bêbado a casa (dantes só aos fins de semana e agora praticamente todos os dias). E porque é que eu sei?
Porque o senhor de cada vez que chega bêbado, às vezes trêbado, bate com as portas, atira coisas ao chão e depois tem umas colunas potentes que faz questão de mostrar quantos decibéis consegue atingir com elas. Começa com um oooh e depois já sabemos que a música vai aumentar... O problema não está na música, porque diga-se de passagem que até aprovo o gosto do moço, o problema é que normalmente já passa da 1h da manhã quando ele nos mostra a potência de som que tem em sua casa...
Hoje o espectáculo começou mais cedo, talvez acabe mais cedo também...

4 comentários:

  1. Mas sabes que podes pedir à policia que venha mandá-lo baixar o volume, não sabes?

    ResponderEliminar
  2. Sexinho, sei pois... Mas como moro no 3º andar, o primeiro a chamar a policia é o vizinho que mora paredes meias com ele... Mas aquilo não tem emenda... A policia já sabe de cor o número de telefone do meu vizinho, coitado... :)

    ResponderEliminar
  3. Felizmente já não sofro com essas cenas! Talvez os vizinhos do lado se queixem da minha música, mas como são meio moucos... :D

    ResponderEliminar
  4. Ana, sorte a tua... Ou não... Se eles são meio moucos, não terão tendência a pôr a TV em altos berros???

    ResponderEliminar

Façam o favor de opinar....