domingo, 12 de janeiro de 2014

Filha da mãe

Sou tal e qual, cuspida e escarrada, a minha mãe...
A inventar palavras, a ouvir coisas que ninguém disse, a rir por tudo e por nada...






(Mr.Bigodes anda infelicíssimo... Diz que, de cada vez que vem de almoçar na sogra, imagina o seu futuro....)

5 comentários:

  1. Eu sou uma mistura (bem misturada) do meu pai e da minha mãe - dos defeitos e das virtudes. E meu, muito meu, tenho o mau feitio. Nenhum sabe de quem herdei... :-) É de geração espontânea! :-)

    ResponderEliminar
  2. ahahahah imagino a os filmes que ele deve fazer na cabeça!!!!!

    ResponderEliminar
  3. S* Verdade, sou. Tonta e alegre! :D (alguns chamam-me louca, mas isso já são outros quinhentos... :D )


    SuperSónica. Tadito do homem, né? eheheh

    ResponderEliminar

Façam o favor de opinar....