domingo, 23 de fevereiro de 2014

Não sou um bicho insensível....

Quando me veem zangada, têm a tendência de dizer que ao menos tenho saúde e trabalho e comer na mesa... Ao menos não tenho uma doença grave nem passo fome como muitas pessoas em África, por exemplo... Mas porquê este tipo de comparações? Não consigo entender...
Não sou um bicho insensível... É claro que me custa ver um animal em sofrimento (dói-me como se fosse eu); claro que tenho pena que existam pessoas que estejam em sofrimento, mas é claro que os meus males são maiores, porque são os meus... E só com os meus males é que vivo e que tenho que lidar... Sim, chamem-me egoísta... Não quer dizer que eu queira o mal para os outros, porque não quero, só quer dizer que só consigo lidar com os meus, não consigo resolver os dos outros...
 
 

6 comentários:

  1. Ora aí está, muito bem dito, o que tínhamos falado :)

    ResponderEliminar
  2. mAna. A nossa conversa inspirou-me para isto :)))

    ResponderEliminar
  3. Basicamente temos de ver o lado positivo da coisa, e como se costuma dizer com o mal dos outros podemos nós bem. Não acho que é ser egoista.

    ResponderEliminar
  4. Mas é o costume quando nos veem cabisbaixos e descontentes com algo na vida. Há vidas que não são comparáveis, mas quando nos dói, só temos de nos queixar. Não somos esponjas. Beijinho. ;)

    ResponderEliminar
  5. SuperSónica. Precisamente. Concordo em tudo :)

    ResponderEliminar
  6. MARIA. Às vezes basta um ombro para encostar a cabeça que a moral começa logo a mudar. Às vezes não são "grandes dramas" somente precisamos de um carinho. E sim, nós não somos esponjas!!! :)

    ResponderEliminar

Façam o favor de opinar....