quarta-feira, 9 de abril de 2014

O que mexe com os sentimentos e que parece que ninguém me entende....

Quando houve a reestruturação na empresa, houve o anúncio de uma pessoa nova na empresa para um lugar de chefia.

A pessoa veio e conquistou.
Agora a pessoa vai embora.

Vem outra para o lugar que outrora nem existia, mas que agora existe e já tinha um rosto, uma presença física naquele lugar.

Agora tenho que lidar com nova mudança e ainda com mais ansiedade, uma vez que para mim aquele lugar já tinha dono.

E isto mexe comigo... Sou eu que directamente terei que lidar com a nova pessoa. Para o meu patrão é só mais uma pessoa e quem estiver lá que se amanhe. Sim, porque não me esqueço do primeiro dia da chefa em que ele me chamou ao escritório e disse : esta é a A.S. mostra-lhe e explica-lhe tudo o que fazes e entendam-se. Assim, sem mais demoras, à bruta, como se eu fosse uma parva que ali anda há 12 anos desde que éramos 6 pessoas na loja. Só porque agora somos 24 não quer dizer que as coisas tenham que ser assim frias e distantes. No fundo é isso que me magoa mais... A distância e a frieza com que se tomam decisões em cima do joelho sem sequer ter a mínima consideração pelos sentimentos das pessoas...


4 comentários:

  1. A mudança pode ser complicada... força!

    ResponderEliminar
  2. Realmente, imagino como te devas sentir. Espero que a nova colega/chefe seja porreira e que vcs se entendam como boas colegas.

    Eu sou sempre tão pessimista a receber novos membros. Faço sempre cara de poucos amigos. Mas depois, naquele antro de víboras, acabo por ser eu a dar o braço a torcer e acolher quem é novo e se sente constrangido.

    beijinho bigodinhas kida! Vai correr tudo bem.

    ResponderEliminar
  3. S* Mesmo! Mas vai correr tudo bem, eu sei! Acaba sempre por correr tudo bem. Obrigada querida. Um beijinho*

    ResponderEliminar
  4. Maria. Eu também espero que ela seja porreira. Vou estar sempre eu e ela, por isso era muito importante que nos déssemos bem. :)

    Por acaso eu gosto sempre de gente nova, principalmente mais novos que eu. Gosto de os acolher e tratá-los como "filhos" e mostrar-lhes tudo :)

    Esta situação é diferente porque ela vem para minha chefa no escritório e não faço ideia de como é. Quando são os garotos para fazer balcão é na boa, porque somos muitos, agora no escritório sempre fui só eu, por isso é que estas mudanças me assustam tanto...

    Mas vai correr bem, eu sei que sim.

    Obrigada pelo apoio. Sabe-me muito bem este afago na alma :)

    Es muito querida, Maria. (acho que já tinha dito isto eheheh)

    Um beijinho :)

    ResponderEliminar

Façam o favor de opinar....