terça-feira, 12 de agosto de 2014

A vingança

Gostava de dizer algo bonito, ou ter palavras bonitas para descrever o que sinto por esta gente desta foto, mas não tenho. Não nasci com o dom das palavras.
Mas tenho o dom do riso. E isso nasceu comigo. Foi geneticamente transferido por parte da Mãe Bigodinhas. 
Mãe Bigodinhas está sempre com o riso estampado se estiver rodeada de crianças. Não há criança nenhuma dos arredores que não adore ficar ao cuidado dela.
O que me custa mais pelo facto de não ter filhos é por ela. Sim, por ela. Nunca me pediu netos. Aliás, sempre me demoveu dessa ideia. "A vida não está fácil para trazer mais crianças ao mundo" - diz-me ela.
Continua a tratar todos os sobrinhos como se fossem os miúdos traquinas com quem ela brincava. Até o mais velho, com quase 40 anos e com 150kgs.

Mas eu só queria mesmo era contar o episódio que marcou a galhofa deste fim de semana e já me desviei do caminho....
No Domingo, na praia, ela estava à beira-mar a molhar os pés enquanto nos observava a todos dentro de água. Sempre com o olhar atento de 'mãe-galinha'.
Eu e o meu primo (o dos 150kgs) fomos para o pé dela brincar com ela, de que a empurrávamos para a água (ela estava vestida, nem fato de banho trazia por baixo da roupa). E ela ria e brincava connosco e senti-me menina outra vez. Às tantas, no meio de tanta brincadeira, Mãe Bigodinhas caiu de costas dentro de água e ficou toda molhada. E rimos tanto! Ela não se conseguia levantar de tanto rir, nós não a conseguíamos ajudar porque nos riamos tanto.... Depois cuidei dela, como ela cuidaria de qualquer um de nós. Ajudei-a a trocar de roupa e meti-a de castigo sentada na toalha até estar seca! E adorei cada minuto de vingança


eu sou a mais piquena :P


A foto foi só para mostrar como éramos todos chuchus há 30 anos eheheh)

15 comentários:

  1. Respostas
    1. Éramos mesmo lindos :)))
      A minha mãe é mesmo aquilo que uso para definir uma mãe. Gostava era que todos pudessem ter uma assim! Tenho muita sorte mesmo! :)))

      Eliminar
    2. A minha teria se zangado a valer e refilado e retaliado o resto do dia por ter tido a roupa e o cabelo molhado. Acredito que saibas a sorte que tens mas ao mesmo tempo só quem não a tem sabe realmente a sorte que tu tens :(

      Eliminar
  2. A ironia da vida... eu também não lhe dei netos. Felizmente todas as outras crianças são como netos e filhos para ela. :) A mãe fica sempre a falar nas fotos. Eu de trombas :D. O pai parece um Brad Pitt. E nós com 7 anos de diferença e sabrinas iguais. Também eu tinha uma saia daquelas e tu um vestido daqueles :D <3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha, teria sido uma boa legenda para a foto :)))

      Eliminar
  3. Quem tem uma Mãe digna de tal nome tem TUDO! [a mim, depois do que perdi, a minha Mãe é tudo o que me resta!]

    ResponderEliminar
  4. Deliciosa a tua historia, fiquei com vontade de conhecer a mãe bigodinhas e dar-lhe um beijinho.
    Eu ainda não dei netos a minha mas a minha massacra-me sempre que pode. É uma pressão que dispensava.
    bjs querida....
    Tás tão gira ...pequerruchinha!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ela é toda mimalha. Vou dizer que lhe mandaste um beijinho e ela fica toda contente como se de facto a conhecesses há anos :)))

      Era tão gira.... depois cresci... olha, paciência! eheheheh

      Eliminar
  5. Bonito. Mas a questão que me chamou a atenção é se não terás transferido um pouco desse cuidado maternal que está pré-destinado aos filhos para a tua mãe.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Poderá ser assim como dizes... :)
      Ou então agi com ela, exactamente como ela me fazia! :)
      De uma maneira ou de outra, adorei cada momento! :)))

      Eliminar
  6. Foi uma vingança boa. E sabes? Não há coisa melhor do rirmos de nós próprios!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso mesmo! E eu adoro gargalhar e fazer os outros gargalharem! :)))

      Eliminar

Façam o favor de opinar....