segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Sinto-me velha

Este último ano tem-me envelhecido...
Todas aquelas situações no trabalho. Continuar ali e ver aquilo a piorar de dia para dia, ainda me faz pior...

Depois para juntar à festa, todos os nossos amigos, casaram e pariram. A vida segue o seu curso natural e acabamos por não estarmos tanto tempo juntos...

Há pouco tempo disse a Mr.Bigodes que precisávamos urgentemente de encontrar um casal com quem sair e estar.


Ele riu-se. E disse-me: "Vamos ali ao continente ver se há promoções?" Só tive vontade de o esbofetear.... arggggg

Para juntar à festa de sentimentos idosos que tenho, vou passar a passagem do ano com os meus sogros e os tios cinquentões de Mr.Bigodes. Nada a dizer deles, são muito porreiros. No entanto, são companhia para todos os dias. Há dias que chamamos de 'festa' que bem que podíamos fazer outra coisa qualquer. Claro que fazemos coisas a dois. Mas sinto falta dos meus amigos. O pouco tempo que passo com eles, entre fraldas e biberons não me chega...

Mas a realidade é mesmo esta. Não me sinto no direito de dizer aos nossos amigos para deixarem as crias com os avós e idolatrarem-me durante umas horas. Simplesmente não dá. (E não é que eu não mereça :P )

E pronto, era isto que a velha eu queria dizer hoje...

13 comentários:

  1. Podes sempre vir com os bêbedos pra Lisboa :P

    ResponderEliminar
  2. Aguenta um bocadinho que quando passa a altura das fraldas eles voltam a ter um pouco mais de vida...não desistas e sê chata...eles também se vão sentir idolatrados...se fossem iguais a tantos outros já tinhas comprado outros no Continente =P. Entretanto arrasta ai a cara metade para fazer coisas interessantes que isso de noite de festa com sogros não funciona!! Que tenhas um bom ano...=)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ficámos um bocado em stand by no tempo. No entanto, acredito que isso também vai passar. E, mais breve do que imagino! :)))
      Bom ano para ti, Nada. Beijinhosssss

      Eliminar
  3. Caramba, sinto-me como tu...
    Já me habituei a não ter companhia... e amigos recentes não são como aqueles que conhecemos por dentro e por fora.
    Acabo sempre desiludida....
    enfim.
    beijinhos amore

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma pena estares longe. Acho que 'seríamos' excelentes amigas! :)))
      beijinhossssssss

      Eliminar
  4. Encontra-me um bom hôme bom e nós saímos com bocêzes :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando falei nisto ao teu cunhado, foste a primeira pessoa de quem ele falou! <3

      Eliminar
  5. Ohh eu não sei de que zona és, mas se fosses de perto teria todo gosto em te conhecer :) Eu e o meu marido somos da zona de Aveiro.
    Temos pelo menos duas coisas em comum: o amor pelos gatos e o desejo de encontrar um novo trabalho :P
    Beijinhos e um excelente 2015!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ohhh que querida! Sou da zona de Lisboa. Não fica fácil sairmos para beber um café! :)))) De qualquer forma, essa tua atitude aqueceu-me e muito o coração. Obrigada, Vé.

      Muitos beijinhos e que este 2015 nos traga um trabalhinho à maneira, porque nós merecemos, certo? :)))

      Eliminar
  6. TODOS os meus (poucos) amigos estão casados e/ou com filhos. Tu ainda tens Mr. Bigodes, eu népia! A mim parece-me que TODOS apanharam o comboio da vida normal, e eu fiquei parada e perdida num apeadeiro...

    PS: eu não sou tarada, mas a tua frase "disse a Mr.Bigodes que precisávamos urgentemente de encontrar um casal com quem sair e estar" soa-me a proposta de swing... :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Opah, não fiz de propósito. E olha que normalmente sou eu que vejo 'malícia' em tudo o que é dito ahahahhahah

      Eliminar

Façam o favor de opinar....